sábado, 24 de outubro de 2009

Bijuteria




Essa peça foi criada pela "arteirinha".
Ela usou muranos, peças em ABS, corrente em ouro velho e strass.
Além da Terra, além do Céu

Além da terra, além do Céu,
no trampolim do sem-fim das estrelas,
do rastro dos astros,
na magnólia das nebulosas.
Além, muito além do sistema solar
até onde alcançam o pensamento e o coração,
vamos!
Vamos conjugar
o verbo fundamental essencial,
o verbo transcendente, acima das gramáticas
e do medo e da moeda e da política,
o verbo sempreamar,
o verbo pluriamar.
razão de ser e de viver.


Carlos Drummond de Andrade


7 comentários:

Unseen Rajasthan disse...

Beautiful shot and lovely description !! Thanks for sharing..Unseen Rajasthan

tossan® disse...

Adoro

Carlos Drummond de Andrade

e a arteirinha é uma artista.

Beijo nas arteiras

Sandra disse...

ALÉM DA TERRA, ALEM DO CEU... MARAVILHOSO.

TE ESPERO NA CURIOSA. TEM SELO 25 MIL.
PASSE LÁ.

AGRADEÇO AS SUAS VISITAS MINHA DOCE AMIGA.
DESCULPE A DEMORA.
MAS TUDO ESTÁ UMA CORRERIA.
UM FORTE ABRAÇO.
ELES ESTÃO TAMBÉM EM MEUS MIMOS.
http://sandraandrade7.blogspot.com/
SANDRA

in natura disse...

Essa arteirinha saiu a mãe e o pai...Artista! Beijuss

Sandra disse...

Agradeço as suas visitas, amiga.

Tem selo das 25. mil visitas.

Conto com o seu voto.
Passe na curiosa e veja.
Com muito carinho
Sandra

MEUS PENSAMENTOS disse...

joia linda poema maravilhoso drumond bela escolha bjs!!

netuno artes disse...

Parabéns arteirinha, rsrsrsrs, continue assim,
bjs netunianos sempre