domingo, 20 de junho de 2010

Sachê de feltro

Estes corações podem ser usados como sachê,
ou se você quiser usar como chaveiros.
Foram feitos a quatro mãos.
Solte a sua imaginação...

A viagem não acaba nunca.
Só os viajantes acabam.
E mesmo estes podem prolongar-se em memória,
em lembrança, em narrativa.
Quando o visitante sentou na areia da praia e disse:
"Não há mais o que ver",
saiba que não era assim.
O fim de uma viagem é apenas o começo de outra.
É preciso ver o que não foi visto,
ver outra vez o que se viu já,
ver na primavera o que se vira no verão,
ver de dia o que se viu de noite,
com o sol onde primeiramente a chuva caía,
ver a seara verde,
o fruto maduro,
a pedra que mudou de lugar,
a sombra que aqui não estava.
É preciso voltar aos passos que foram dados,
para repetir e para traçar caminhos novos
ao lado deles.
É preciso recomeçar a viagem.
Sempre.
José Saramago

16 comentários:

So artes disse...

Ficaram muito fofinhos...adorei o efeito quadriculado meninas...parabens!
beijinhos e uma linda semana pra vcs,
So

laurinhando por ai disse...

Marcia

Lindo e reflexivo texto!

esmo caminho com novos olhares...Perfeito.
Bjos
Laurinha

Hana disse...

Oizinho, primeiro me desculpando da memora amiga mil desculpas,mas olha é por textos assim e tantos outros que aki leio, ser apaixonado pela vida, com bases fortissmas no amor, desta mesma base sólida tento levar minha vida adiante e vivo cada instante e cada momento . Seu texto é simplesmente fantastico, e juntos de mão dadas, estamos plantando sementinha do bem, e do amor, cada um a sua maneira, assim como vejo em muitos blogs o mesmo seguimento e mesma linguagem nossa, falamos o idioma universal do amor, do coração, o mais sincero. Sabe eu trabalho a noite aki no Japão, então umas 5 horas da manha já saio do trabalho e vou correndo pra aula de idioma japones,(não todos os dias, 3 vezes por semana, das 7 as 8:30 volto correndo e passo na praça fazer meu Tay Chi, mais 40 minutos, até as 10: 30 mais ou menos, t ai chi, quase todos os dias, chego e almoço cedo e vou dormir de novo, tem um parque perto de casa lá faço Tai Chi, durmo até as 16:30,e faço tudo isso de trem, é meu meio de locomoção, tudo no Japão tem falta de espaço até ruas né, e eu vivo a cultura deste País. Então continuando, durmo mais um pouco e vou trabalhar, as 18 horas e trabalho a noite toda, até 3 horas da madrugada, mas normalmente quando não tem aula faço , hora extra, p/ poder economizar assim conheço todo o Japão que é meu objetivo,nos dias de folga, numa semana pego um dia de folga, e na outra semana pego 2 dias de folga, outro objetivo é meu livro, Meu Asilo meu Exilio, tenho este projeto, agora pretendo realizar, quando não sei mas estou a trabalhar nisso, por isso todos os dias quando consigo escrevo um pouquinho, e minha meta não deixo de cumprir, tentar levar nem que seja em gotinha a harmonia, através do meu blog, e neste meio tempo tbém deixo um espaço para continuar estudando a filosofia oriental, sabe, desta forma vivo, meu instante, desta forma não tenho tempo de ter depressão, desta forma, não acho tempo para lamentar problemas e o pouco tempo que sobra, se tenho problemas tento resolve-lo e não lamentar o caso, rsss, e as vezes acaba vindo lembranças triste de alguma passagens doloridas que passei, é neste momento que medito, e não me deixo sofrer, minha dor acaba no mesmo instante que medito e emano amor a todos os seres que sentem seus problemas, suas mágoas, neste momento me sinto um só com todos os filhos de Deus, Agora vc entende minha correria mas sempre venho tá, adoro seu carinho nem me dei conta da hora, rs, mil beijos
com carinho Hana

Mirane Mcleslie, Canada, Ontario disse...

Ola

Parabens pela homenagem a Jose Saramago!
Ficaram lindos os coracoes!

Beijos

tossan disse...

Sabe o que eu penso? A vida é um viagem e depois voltamos para casa só que não lembramos onde é de fato. Beijo

tossan disse...

Sabe o que eu penso? A vida é um viagem e depois voltamos para casa só que não lembramos onde é de fato. Beijo

tossan disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Elis disse...

Oi Marcia!
Muito lindo os corações...
já tentei fazer, mas na hora de costurar fica bem defeituoso... rsrsrs
ah, não gostei nada do jogo... rsrsrs
o Brasil terminou em primeiro, mas jogou muito mal...
beijos e fica com Deus!

laurinhando por ai disse...

oi marcia
Veja lá no arteando quem me achou!!
bjos
Laurinha

Sonia disse...

Bela homenagem a Saramago.

E agora bola pra frente, outros virão, a vida é assim.

Todos partimos, importante é deixar o inesquecível, as palavras, belas palavras.

beijos.

in natura disse...

A viagem não acaba nunca e a sua arte também não. Adorei. Beijuss

JR disse...

A vida são muitas viagens a seguir e devemos estar sempre de malas prontas ,pois a qualquer hora o trem apita e nos chama.
Dentro das malas vão as virtudes de preferencia pois tem peso maior na contagem dos pontos finais.
Beijuuuuuuuuuuuuuu

ஜ♥_Sabrith_♥ஜ disse...

Que fofuras... ficaram lindos!

Kristal disse...

Ola, obg pela visitinha e pelo comentario :)
Bjs

Maria Luiza disse...

OI, lindos seus trabalhos com feltro.
Parabens as duas arteiras.

Bjs.

Luiza Muniz

http://www.luizamunizartesanato.blogspot.com/

Eliana disse...

oi!
Adorei seu comentário no meu blog, só imagino kkk...
Meu marido que o diga,um dia ele chegou do trabalho e foi me abraçar levou uma espetada de uma agulha que estava na minha blusa hahaha
Seus trabalhos são lindoss.
bjs