quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Dia Mundial do Idoso - 1º de outubro

Hoje sou ligeira,
faço tudo sozinha.
Vou a qualquer lugar
com minhas pernas firmes.
Amanhã, serei você hoje.
Que depende dos mais jovens
Para lhe ajudar a caminhar,
a pegar algo, porque
suas mãos estão trêmulas.
Que gostaria de companhia,
para conversar.
Poder contar suas experiências.
Da vida longa que já viveu.
Quanta sabedoria
nessa cabecinha branca!
Márcia

4 comentários:

Elis disse...

Legal este post. Parabéns por nos lembrar!
beijos e fica com Deus!

Elis disse...

tem selinho pra vc no meu blog. bjs

laurinhando por ai disse...

Marcia
Saudades de vcs!!!
Na quarta passada recebi outra mensagem do Carlos!Ele está bem...
Linda lembrança e doce poema!
Bjos
Laura

sonia disse...

Bom dia,

Quando me deparo com mãozinhas de quem já viveu como eu correndo pra cima e para baixo, sem parar, como se a energia não acabasse nunca, fico com medo.

Medo de ser jogada as traças como tenho visto e presenciado até hoje em toda a minha vida.

Quantos idosos largados pelos filhos que NUNCA TEM TEMPO, netos que cresceram as custas dos avos para cuidarem dele, e que hoje ESTÃO MUITO OCUPADOS

Melhor eu não dizer mais nada.

Beijos. sonia