sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Caminho de mesa em vagonite


Este centro de mesa foi feito
em tecido próprio para vagonite.
Como não sei fazer crochê,
arrematei com renda de agripin.
Desejo à todos os amigos um
ótimo final de semana!
"Enquanto estiver vivo, sinta-se vivo.
Se sentir saudades do que fazia, volte a fazê-lo.
Não viva de fotografias amareladas...
Continue, quando todos esperam que desistas.
Não deixe que enferruje o ferro que existe em você.
Faça com que em vez de pena, tenham respeito por você.
Quando não conseguir correr através dos anos, trote.
Quando não conseguir trotar, caminhe.
Quando não conseguir caminhar, use uma bengala.
Mas nunca se detenha."
Madre Teresa de Calcutá

7 comentários:

laurinhando por ai disse...

Amiga
Saudades de vc!!!!
Ficou lindo e delicado o trabalho.
Bom fim de semana
Laura

luadecristal disse...

Desistir nunca , cada um de nós tem o seu tempo a sua força mas a mais importante é a força interior.

como sempre os vossos trabalhos são lindos, parabens
bjs

Eliete Gouveia disse...

Oi amiga,
Hj é dia de passear nos blogs.
Passei aqui e só achei coisas lindas.Pena não ter mais tempo de te visitar.
Só lembrando:gosto muito do seu cantinho e de vc!!!!Bjs cheios de luz,
Eliete(Fios de Luz)

Kaire de Souza Camargo disse...

Ficou lindo esse caminho de mesa,eu estive vendo como se borda esse ponto quem sabe dia vou aprender è legal saber fazer um pouquinho de tudo ne?Um otimo inicio de semana Kaire.

Duh Franzen disse...

O bordado com a renda ficou lindo!
" Continue, quando todos esperam que desistas."...Esse é o meu lema.
Bom começo de semaninha...Bjos

Lucia Maria disse...

Olá Arteiras, Tudo bom! Os Bordados em vagonite estão perfeitos! Parabéns! passando para deixar um abraço e desejar uma ótima tarde de quinta feira! Bjs, Fiquem com Deus.

Maria Selma disse...

ai que saudade,minha irmã é que fazia estes trabalhos,
Está muito lindo e delicado,parabéns,
´Desejo um final de semana muito alegra,beijos de luz