domingo, 10 de novembro de 2013

Apliqueé



Ondas no Tempo.
        

Como uma pedra
Que se joga no rio
Venho formando ondas no tempo.

Nada importa.
Onde eu vá
Sempre estarei sozinha.

Já não pertenço a lugar algum.
Tudo que me resta são sonhos.
Agora é tarde para mudar,
- Está tudo feito! -
A chuva continua caindo.

Chuva fina e constante.
Olho a chuva,
Não suporto mais vê-la cair...

Findou o inverno
E a primavera com seus brotos e flores
Já surge nas árvores,
Na curva dos dias de sol.

Repouso minha poesia e meu canto
Numa quimera!
Caminho ao teu encontro,
Beijarei tua boca cheia de palavras,
E a saudade líquida fluirá
rolando face afora.

Delasnieve Daspet


4 comentários:

Artes da Fafa disse...

Todos lindos!
Gostei muito também dos so Post anterior.
Parabéns!
Boa semana... Fátima.

laurinhando por ai disse...

Lindos!!!

Kaire de Souza Camargo disse...

Màrcia,nao sabia de sua operaçeo fico feliz que jà età tudo bem,amiga aqui por causa da crise tenho trabalahado muito meu marido està desempregado e com 50 anos nao vai ser facil achar trabalho denovo estou atè pensando em voltar para sao paulo onde tenho minha mae e irmaos a coisa aqui està bem dificil vamos ver no que vai dar,seus trabalhos tambem estao lindos,bjs.

Lucia Maria disse...

Oi, Márcia! Como está na recuperação da cirurgia?! Parabéns pelo bom gosto e criatividade nos trabalhos! Ótima semana, tudo de bom.