quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Vagonite na cozinha



"Há quem acredite que o amor é medicamento. 
Pelo contrário. Se você está deprimido,
 histérico ou ansioso demais,
 o amor não se aproxima,
 e caso o faça, vai frustrar sua expectativa,
 porque o amor quer ser recebido com saúde e leveza,
 ele não suporta a ideia de
 ser ingerido de quatro em quatro horas,
 como um antibiótico para combater
 as bactérias da solidão e da falta de auto estima.
 Você já ouviu muitas vezes alguém dizer:
 “Quando eu menos esperava, 
quando eu havia desistido de procurar,
 o amor apareceu.”
 Claro, o amor não é bobo,
 quer ser bem tratado,
 por isso escolhe as pessoas que,
 antes de tudo, tratam bem de si mesmas."

Martha Medeiros

7 comentários:

Kaire de Souza Camargo disse...

Olà Marcia lindos os panos de pratos,desculpe minha ausencia.BJS Kaire.

Lucia Maria disse...

Olá, Márcia! Que belo o pensamento, o trabalho, um mais lindo que o outro! Ótimo final de semana tudo de bom.

Artes da Fafa disse...

Querida amiga Marcia!
Obrigada pela gentil visitinha e também pela indicação do Selinho, já tô levando.
Lindos panos de prato... Perfeitos!
Não consegui deixar comentário no
outro Blog.
Um lindo fim de semana... Fátima.

luna luna disse...

parece que estamos em sintonia pois o meu poste também é sobre o amor, o amor é algo de uma leveza indescritível de forma alguma pode ser forçado
beijinhos de bom domingo

Márcia Faria disse...

Márcia bom dia!!! Lindos seus panos,aliás seus trabalhos estão lindos.Vim retribuir sua visita e agradecer por suas palavras.Bom inicio de semana,abraços!!!

Anônimo disse...

I like this blog its a master peace ! .

Anônimo disse...

Do you people have a facebook fan page? I searched for one on facebook or twitter but could not discover one, I'd really like to become a fan!